Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

logo-antigo400x400
No comando: MADRUGADA ATIVA

Das 00:00 as 03:59

logo-antigo400x400
No comando: PERDIDOS NA MADRUGADA

Das 00:00 as 05:59

logo-antigo400x400
No comando: MADRUGADA ATIVA

Das 00:00 as 05:59

logo-antigo400x400
No comando: SERTÃO CABOCLO

Das 04:00 as 05:59

clube-do-rei
No comando: CLÁSSICOS DO REI

Das 06:00 as 06:59

logo-antigo400x400
No comando: PROGRAMAÇÃO MUSICAL

Das 06:00 as 07:59

Locutor: Márcio Jorge
No comando: MANHÃ SERTANEJA

Das 06:00 as 07:59

Locutor e Repórter: Luiz Antônio Martins
No comando: DOMINGO ALEGRIA

Das 07:00 as 11:59

Locutor: Márcio Jorge
No comando: BOM DIA SÃO JOSÉ 1º Tempo

Das 08:00 as 09:59

Locutor: Márcio Jorge
No comando: SE LIGA AÍ

Das 08:00 as 10:59

Coordenadora Geral: Angela Guerra
No comando: ATIVA NEWS Edição Especial

Das 10:00 as 10:40

Locutor: Márcio Jorge
No comando: BOM DIA SÃO JOSÉ 2º Tempo

Das 10:41 as 10:59

ativa-em-foco
No comando: ATIVA EM FOCO

Das 11:00 as 11:59

mauricio-passos2
No comando: SÁBADO TOTAL

Das 11:00 as 15:59

magno-diniz
No comando: HOT MIX

Das 11:00 as 15:59

Locutor e Repórter: Tony Ferreira
No comando: PAGONEJO

Das 12:00 as 13:59

magno-diniz
No comando: HOT MIX

Das 12:00 as 15:59

especial-do-artitsa
No comando: ESPECIAL DO ARTISTA

Das 14:00 as 14:59

logo-antigo400x400
No comando: PROGRAMAÇÃO MUSICAL

Das 15:00 as 16:59

Coordenadora Geral: Angela Guerra
No comando: ATIVA EM DESTAQUE

Das 16:00 as 16:59

Locutor e Repórter: Luiz Antônio Martins
No comando: TARDE SHOW

Das 16:00 as 17:59

Locutor e Repórter: Tony Ferreira
No comando: CONEXÃO ATIVA

Das 16:00 as 18:59

Locutor e Repórter: Luiz Antônio Martins
No comando: TARDE SHOW

Das 17:00 as 17:59

logo-antigo400x400
No comando: CONEXÃO BR

Das 17:00 as 20:59

Locutor e Repórter: Luiz Antônio Martins
No comando: TOP 10

Das 18:00 as 18:59

a-voz-do-brasil
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 as 19:59

Locutor e Repórter: Tony Ferreira
No comando: MADE IN BRAZIL

Das 19:00 as 20:59

Locutor e Repórter: Luiz Antônio Martins
No comando: MOMENTO DO ESPORTE

Das 20:00 as 20:59

gas-total
No comando: GÁS TOTAL

Das 21:00 as 21:59

Locutor e Repórter: Luiz Antônio Martins
No comando: ZONA LIVRE

Das 21:00 as 21:59

80-por-hora
No comando: 80KM POR HORA

Das 21:00 as 23:59

painel-flashback
No comando: PAINEL FLASHBACK

Das 22:00 as 22:59

amnesia
No comando: AMNEZIA

Das 22:00 as 23:59

onlinemusica
No comando: ON LINE MUSICAL

Das 22:00 as 23:59

songs-off-love-_-diario
No comando: SONGS OFF LOVE

Das 23:00 as 23:59

Número de casos de estupro sobe em Petrópolis

Compartilhe:
numero-de-casos-de-estupro-sobe-em-petropolis

De janeiro a agosto deste ano, Petrópolis já registrou 104 estupros, de acordo com dados do Instituto de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro (ISP) divulgados ontem. O número é cerca de 33% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando foram 78 casos nas duas delegacias policiais, a 105ª, no Retiro e a 106ª, em Itaipava.

Se compararmos com o mesmo período de 2016, o aumento de casos de estupro na cidade ultrapassam os 100%, quando foram registros 51 ocorrências deste tipo. O estupro é o crime que mais cresce na cidade e vem chamando a atenção pelo fato de boa parte das ocorrências acontecerem dentro do núcleo familiar ou ter como autor alguém conhecido da vítima.

Segundo a delegada titular da 106ª DP, Juliana Ziehe, na área de atuação da delegacia, 100% dos casos têm esta característica. “Todos os casos registrados na 106ª acontecem no seio familiar, quando o abusador é o padastro, tio, companheiro da avó. São ações que exigem uma atuação no âmbito da família”, ressaltou. Segundo ela, os crimes acontecem, em sua maioria, nas áreas mais carentes da região, como Madame Machado e Posse.

A delegada ressalta também a importância do registro logo assim que o crime é cometido. “É muito importante que a vítima procure a delegacia para fazer o exame de corpo de delito o quanto antes. Todas as vítimas que chegam na delegacia são encaminhadas para o Cram (no caso de violência doméstica) e as crianças e adolescentes para o Conselho Tutelar, para que recebam apoio psicológico e jurídico”, disse a delegada.

De acordo com dados do ISP, os meses de abril e julho deste ano foram os que mais registraram o crime: foram 17 e 19, respectivamente. Em agosto, a cidade teve 13 casos. No mesmo mês do ano passado, foram 10 registros nas duas delegacias de polícia.

O levantamento do Instituto de Segurança Pública também mostra um aumento de cerca de 37% nos registros de homicídio. De janeiro a agosto deste ano, foram 26 casos. No mesmo período do ano passado, foram 19 assassinatos. As duas delegacias também registraram 248 roubos este ano e 1.433 furtos.

Fonte: Tribuna de Petrópolis
(Imagem: Reprodução da Internet)

Deixe seu comentário:

NOSSAS REDES SOCIAIS

REDE INFO NEWS

REDE INFO NEWS