Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

logo-antigo400x400
No comando: MADRUGADA ATIVA

Das 00:00 as 03:59

logo-antigo400x400
No comando: PERDIDOS NA MADRUGADA

Das 00:00 as 05:59

logo-antigo400x400
No comando: MADRUGADA ATIVA

Das 00:00 as 05:59

rommel-silva-e-mario-roberto
No comando: PÉ NA ESTRADA

Das 04:00 as 05:59

clube-do-rei
No comando: CLÁSSICOS DO REI

Das 06:00 as 06:59

logo-antigo400x400
No comando: PROGRAMAÇÃO MUSICAL

Das 06:00 as 07:59

Locutor: Márcio Jorge
No comando: MANHÃ SERTANEJA

Das 06:00 as 07:59

Locutor e Repórter: Luiz Antônio Martins
No comando: DOMINGO ALEGRIA

Das 07:00 as 11:59

Locutor: Márcio Jorge
No comando: BOM DIA SÃO JOSÉ 1º Tempo

Das 08:00 as 09:59

Locutor: Márcio Jorge
No comando: SE LIGA AÍ

Das 08:00 as 10:59

Coordenadora Geral: Angela Guerra
No comando: ATIVA NEWS Edição Especial

Das 10:00 as 10:40

Locutor: Márcio Jorge
No comando: BOM DIA SÃO JOSÉ 2º Tempo

Das 10:41 as 10:59

ativa-em-foco
No comando: ATIVA EM FOCO

Das 11:00 as 11:59

mauricio-passos2
No comando: SÁBADO TOTAL

Das 11:00 as 15:59

magno-diniz
No comando: HOT MIX

Das 11:00 as 15:59

Locutor e Repórter: Tony Ferreira
No comando: PAGONEJO

Das 12:00 as 13:59

magno-diniz
No comando: HOT MIX

Das 12:00 as 15:59

especial-do-artitsa
No comando: ESPECIAL DO ARTISTA

Das 14:00 as 14:59

logo-antigo400x400
No comando: PROGRAMAÇÃO MUSICAL

Das 15:00 as 16:59

Coordenadora Geral: Angela Guerra
No comando: ATIVA EM DESTAQUE

Das 16:00 as 16:59

Locutor e Repórter: Luiz Antônio Martins
No comando: TARDE SHOW

Das 16:00 as 17:59

Locutor e Repórter: Tony Ferreira
No comando: CONEXÃO ATIVA

Das 16:00 as 18:59

Locutor e Repórter: Luiz Antônio Martins
No comando: TARDE SHOW

Das 17:00 as 17:59

logo-antigo400x400
No comando: CONEXÃO BR

Das 17:00 as 20:59

Locutor e Repórter: Luiz Antônio Martins
No comando: TOP 10

Das 18:00 as 18:59

a-voz-do-brasil
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 as 19:59

Locutor e Repórter: Tony Ferreira
No comando: MADE IN BRAZIL

Das 19:00 as 20:59

Locutor e Repórter: Luiz Antônio Martins
No comando: MOMENTO DO ESPORTE

Das 20:00 as 20:59

gas-total
No comando: GÁS TOTAL

Das 21:00 as 21:59

Locutor e Repórter: Luiz Antônio Martins
No comando: ZONA LIVRE

Das 21:00 as 21:59

80-por-hora
No comando: 80KM POR HORA

Das 21:00 as 23:59

painel-flashback
No comando: PAINEL FLASHBACK

Das 22:00 as 22:59

amnesia
No comando: AMNEZIA

Das 22:00 as 23:59

onlinemusica
No comando: ON LINE MUSICAL

Das 22:00 as 23:59

songs-off-love-_-diario
No comando: SONGS OFF LOVE

Das 23:00 as 23:59

Polícia Civil e MP fazem operação para prender vereadores de Petrópolis

Compartilhe:
policia-civil-e-mp-fazem-operacao-para-prender-vereadores-de-petropolis

O Ministério Público do Rio (MPRJ), por meio da Subprocuradoria-geral de Justiça de Assuntos Criminais e de Direitos Humanos, e a Delegacia Fazendária (Delfaz) da Polícia Civil fazem a operação “Caminho do Ouro” nesta quinta-feira para prender os vereadores Paulo Igor da Silva Carelli (MDB) e Luiz Eduardo Francisco da Silva (Patriota), conhecido como Dudu. Carelli é presidente da Câmara Municipal da cidade e foi preso em sua casa. Já o outro parlamentar não foi encontrado nesta manhã e é considerado foragido, de acordo com o MP. Empresário e outras cinco pessoas foram denunciadas pelos crimes de fraude em licitação e peculato.

Contra os parlamentares foram expedidos pela Justiça mandados de prisão preventiva. Além destes, a ação também cumpriu cinco mandados de busca e apreensão na Casa Legislativa, nas residências do presidente da Câmara e do empresário Wilson da Costa Ritto Filho, o Júnior, e numa de suas empresas. Outras cinco pessoas foram denunciadas pelo MPRJ, entre funcionários da Câmara e empresários.

Os mandados foram expedidos pela Justiça com base nas investigações do Grupo de Atribuição Originária em Matéria Criminal (Gaocrim/MPRJ) e conta com o apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ). A denúncia aponta que o presidente da Câmara, Paulo Carelli, com auxílio dos demais envolvidos, combinou com o Dudu uma forma de direcionar uma licitação de R$ 4,49 milhões para o empresário. O contrato foi firmado entre Câmara Municipal de Petrópolis e a empresa Elfe Soluções em Serviços LTDA.

O objeto contratual era extremamente amplo e consistia na prestação de serviços de limpeza, conservação, higienização, reprografia, vigia, jardinagem, copeiragem, recepção, telefonia, motorista, manutenção predial e operação de áudio e vídeo, além de fornecer todos os materiais de consumo, equipamentos e insumos necessários para as atividades dentro a casa legislativa pelo período de 12 meses, a contar do dia 1º de janeiro de 2012.

Segundo o MPRJ, Paulo Igor Carelli e seu ex-chefe de gabinete, o também denunciado Bruno Pereira Macedo, deixaram de dar publicidade ao processo licitatório, determinado por lei, e o Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) também apontou outras irregularidades no certame. Segundo O TCE, foram consultadas para pesquisa de preços dos serviços a serem contratados pelo edital as mesmas três empresas que ofereceram propostas pelo contrato. Também foi identificado “sobrepreço” total na licitação de 25%.

Além das irregularidades apontadas pelo TCE-RJ, o Ministério Público apurou que os sócios das três empresas que apresentaram propostas no certame já pertenceram aos quadros societários umas das outras, e alguns tem vínculos de parentesco uns com os outros.

O MPRJ relata que fica evidente as ilegalidades durante o processo licitatório, especialmente na falta de publicidade, que tinha como objetivo afastar o caráter competitivo do ato para direcionar o contrato em favor da sociedade do denunciado Júnior, a Elfe Soluções.

Empresário financiou 90% de campanha eleitoral
As investigações também apontaram que os vereadores Paulo Igor e Dudu mantinham estreito vínculo de amizade com o empresário Wilson Ritto Filho, o Júnior. Segundo o Ministério Público, ele foi responsável por financiar, por meio de doações, mais de 90% das campanhas eleitorais de Dudu para a Câmara de Vereadores em 2008, e para deputado estadual, em 2010.

A pedido do MPRJ, a Justiça quebrou os sigilos bancário e fiscal dos denunciados, além de afastar os vereadores de suas funções públicas.

Fonte: O Dia
(Imagem: Reprodução; Divulgação MP/PF)

Deixe seu comentário:

NOSSAS REDES SOCIAIS

REDE INFO NEWS

REDE INFO NEWS