Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Número de casos de covid-19 em novembro já supera os últimos três meses, em Petrópolis

A nova alta de casos de covid-19 em Petrópolis voltou a preocupar os moradores e está exigindo mais atenção por parte das autoridades da área da saúde. Apenas nos 16 primeiros dias de novembro, o município já registrou 690 diagnósticos positivos da doença – índice superior aos números que foram contabilizados durante os últimos três meses. Segundo dados do Painel de Monitoramento do Coronavírus, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em agosto foram 679 casos confirmados em 30 dias, com nove mortes. Já em setembro, foram confirmados 291 casos e 3 mortes. E em outubro, foram 423 casos, sem a confirmação de novos óbitos. Em um mês, a média móvel de casos mais que triplicou. Ao todo, desde o início da pandemia, a cidade registra 89.593 casos da doença.

Os dados mostram que a maior parte dos pacientes infectados na primeira quinzena de novembro são do sexo feminino – 432 mulheres (62,46%). Os demais casos, 259 registros, são referentes aos homens – 37,5%. Desses, 91 infecções se referem a pessoas que moram no Centro; 35 no Quitandinha; 32 em Pedro do Rio; 30 em Corrêas e Estrada da Saudade; 28 no Valparaíso; 27 em Cascatinha e na Mosela; e 24 no Carangola. Há, ainda, registros de casos em quantidades menores em outros bairros da cidade.

A média móvel de casos de covid-19 em Petrópolis está em 30,71 infecções por dia, aponta o Painel de Monitoramento nesta segunda-feira (21). Esse número é quase três vezes superior ao da média móvel de infecções detectada no mês passado: em 21 de outubro, esse índice era 11,32 casos por dia.

Retorno do uso de máscaras

A fim de impedir uma piora mais acentuada da pandemia, o Governo Municipal anunciou na semana passada, o retorno da obrigatoriedade do uso de máscaras em instituições de ensino – públicas e privadas, transporte público e ambientes hospitalares – ambulatoriais e clínicos.

“Em função do quadro epidemiológico que se apresenta na cidade, o Comitê Científico decidiu pela volta da obrigatoriedade do uso de máscaras nas instituições de ensino, no transporte público e nos ambientes hospitalares, e recomenda a utilização de máscara nos comércios e repartições públicas”, disse o secretário de Saúde, Marcus Curvelo. Apesar disso, o decreto estabelecendo as novas regras para o uso do equipamento de proteção ainda não foi publicado em Diário Oficial (D.O).

Fiscalização

Diante das novas exigências, o Diário de Petrópolis questionou a Prefeitura de Petrópolis se serão realizadas fiscalizações, principalmente dentro dos ônibus da cidade, para fazer vale o cumprimento da medida. Em nota, a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) disse, apenas, que oficiou o Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Petrópolis (Setranspetro) sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras no transporte público.

Fonte: Diário de Petrópolis

Deixe seu comentário:

BAIXE O APP DA ATIVA

LOJA BRAZILINE

Curta no Facebook

Curta no social